Notícias

Alunos do Colégio Montreal participam de aula híbrida

INFORMATIVO - Publicado em 04 de Maio, 2018

O desafio de despertar o interesse do aluno em sala de aula é cada vez maior, especialmente nesse momento em que os jovens dispõem da tecnologia, que lhes proporciona acesso ilimitado aos mais diversos assuntos.

Uma das maiores tendências da Educação deste século é justamente a integração entre o ensino presencial e o ensino online, o chamado ensino híbrido.

Os alunos da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Montreal experimentaram esse modelo na aula de química. A professora Mara Invernizzi conta que a aula híbrida é dividida em estações (momentos) de trabalho, cada uma com um objetivo específico, porém ligado ao objetivo central da aula. As estações são divididas em presencial e online. “Cada aluno, ou grupo de alunos, passa por diferentes estações, de modo que todos passem por todas as estações, as quais são independentes uma das outras. Parte do processo de aprendizado ocorre em sala de aula. A outra parte, o aluno utiliza meios digitais para aprender de forma mais autônoma, assim as duas modalidades se completam, pois proporcionam diferentes experiências na forma de aprendizado”, explica a professora.

O tema estudado na aula híbrida foi “Reação de óxido redução e pilhas”. “O objetivo foi trabalhar o assunto de maneira diversificada. Na primeira estação, em sala de aula, os alunos fizeram a leitura de um texto sobre o funcionamento do bafômetro, visto que trata-se de uma reação de óxidoredução. Na segunda, também em sala de aula, fizeram a parte prática, trabalhando na montagem de duas pilhas e, por último, resolveram online uma lista de exercícios sobre o tema”, conta Mara.

Esse modelo tem por objetivos estimular o aluno a pensar criticamente, a trabalhar em grupo e a ver mais sentido no conteúdo. “A aula híbrida é de grande importância para o processo de ensino-aprendizagem, pois alia-se a teoria e a prática ao contexto cotidiano do aluno”, afirma a professora.

Galeria