Notícias

Professores do Colégio Montreal são premiados em concurso literário

INFORMATIVO - Publicado em 10 de Novembro, 2017

Os professores do Colégio Montreal, Virgínia Oliveira e Elton Rigotto, conquistaram prêmios no 13º Prêmio Literário Acrísio de Camargo, promovido pela Secretaria da Cultura de Indaiatuba.

Virgínia conquistou o 1º lugar com a Crônica "Um aceno para Cortázar" e Elton recebeu Menção Honrosa pelo Conto "O jantar das grandes antigas". O resultado foi muito significativo, uma vez que o concurso contou com a participação de 222 trabalhos, dos quais 90 eram contos, 58 crônicas e 74 poesias. No total, 53 cidades, representando 15 estados participaram do evento e Indaiatuba concorreu com 42 textos. Dentre os jurados, estava o renomado escritor Ignácio de Loyola Brandão.

"O concurso permite estabelecer ou ampliar a comunidade artística do país, especialmente através do reconhecimento de diferentes talentos regionais. Isso é particularmente importante num país cuja cultura fica muito apartada da produção literária. Toda premiação é motivo de alegria e certo orgulho, pois mostra o reconhecimento de um trabalho que envolve estudo, dedicação e também entrega", afirma Elton.

"Os concursos literários nos ajudam a divulgar nossa escrita. Quando participo de um concurso literário, eu gosto de saber como estou escrevendo, quero saber se minha escrita tem as características literárias. O prêmio, além de ter sido uma surpresa, mostrou que a minha prosa poética também está madura. Principalmente porque um dos jurados foi Ignácio de Loyola Brandão, um dos maiores escritores do Brasil. Então, assim sendo, é uma honra ganhar o primeiro lugar em crônica, julgada por esse grande literato!", comemora Virgínia.

Os professores garantem que participar do concurso é estimulante, inspirador e reflete no desempenho na sala de aula. "Posso lançar mão dessas habilidades que eu tenho ao propor atividades, e também servir de incentivo às turmas, para que cada estudante busque cultivar e explorar o que sabe fazer", diz o professor Elton. "Se sou professora de literatura e ainda faço literatura no país, só me estimula a incentivar o meu aluno a entender o quanto a disciplina é importante. Posso mostrar ao aluno o quanto ele pode escrever, o quanto o aluno pode ter a literatura perto e dentro de si", conclui a professora Virgínia.

"Estamos orgulhosos dos prêmios conquistados por nossos professores neste concurso que valoriza a literatura nacional. Os professores sempre são exemplos para nossos jovens e podem ser também a inspiração para que eles descubram talentos que muitas vezes ainda estão adormecidos", declara Mauricéia Pereira, coordenadora pedagógica do Colégio Montreal.

Galeria